» » Rede de Controle faz convite para UFMT ser membro colaborador

Rede de Controle faz convite para UFMT ser membro colaborador

postado em: Notícias | 0

Rede de Controle (33)

A Universidade Federal de Mato Grosso foi convidada para fazer parte oficialmente da Rede de Controle da Gestão Pública. A reunião entre os coordenadores executivos da Rede e a reitora foi realizada na UFMT, na tarde de terça-feira (29.08).

Para o coordenador executivo da Rede de Controle em Mato Grosso, conselheiro substituto do TCE-MT Moisés Maciel, receber a academia, com todo o acervo, professores e alunos representa um reforço para o grupo. “A adesão da UFMT como colaboradora vem trazer a academia que tem a sabedoria para um centro prático, que executa o controle da gestão pública”.

O Secretário do TCU Alexandre Cavalcanti explicou que a parceria entre a Rede de Controle e a Universidade Federal existe informalmente desde 2013 e agora, com a formalização, haverá a possibilidade de promover avanços em projetos relacionados à gestão pública. “Com a parceria, a Universidade pode discutir seus interesses e os da sociedade junto com vários outros órgãos. Pensando juntos, a gente pode prever determinados problemas e obter soluções. A Rede também ganha, pois a UFMT vem como um parceiro de peso, com quadros acadêmicos importantes e com a estrutura que ela tem”, ressaltou.

A reitora da UFMT, Myrian Serra, ressaltou que realizar uma gestão compartilhada é fundamental e a Universidade pode contribuir muito para o avanço da Rede de Controle. “Nós temos, na Universidade, um quadro de professores e técnicos altamente qualificados. Conforme essa parceria com a Rede de Controle for ocorrendo, nós poderemos envolver vários projetos, programas e auxiliar o desenvolvimento da gestão pública, em favor da sociedade.”

Rede de Controle (13)A formalização da adesão da Universidade Federal de Mato Grosso ocorrerá na próxima reunião ordinária da Rede de Controle, dia 6 de setembro, na sede da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Na oportunidade, será oficializada a adesão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) como membro, e da Associação Mato-grossense do Ministério Público (AMMP) e Associação dos Auditores Públicos Externos do TCE-MT (Audipe) como colaboradores da Rede de Controle.

O Procurador-Geral Substituto do MPC-MT, Alisson Carvalho de Alencar, explicou que o trabalho conjunto, uma das características da Rede de Controle, tem auxiliado bastante os órgãos de controle que são membros do grupo. “Trazer instituições que não são de controle como colaboradoras é uma iniciativa estratégica. Fortalece a Rede e, consequentemente, a atuação de fiscalização e combate à corrupção. A melhoria da gestão pública requer essa união, estamos no caminho para promover uma gestão pública de qualidade, aquela que a sociedade tanto almeja e merece”, explicou.

 

Rede de Controle (30) Rede de Controle (22) Rede de Controle (21)

 

 

 

 

 

 

 

 

Rede em Mato Grosso

07 06 Reunião Controle de Rede (45)A Rede de Controle da Gestão Pública em Mato Grosso é um grupo composto por 17 instituições e tem o objetivo de desenvolver ações direcionadas à fiscalização da gestão pública, ao combate à corrupção, ao incentivo e fortalecimento do controle social, ao compartilhamento de informações, ao intercâmbio de experiências e à capacitação de agentes públicos e estudantes.

Os integrantes da rede são divididos em 5 grupos de trabalho: GT Transparência, GT Controle Interno, GT Inteligência, GT Controle Social e GT Comunicação e Eventos. O Ministério Público de Contas está inserido em três desses grupos (Transparência, Inteligência e Controle Interno).

A rede foi formada em Mato Grosso no ano de 2010. Atualmente a coordenação executiva da rede está à cargo do Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público de Contas e Tribunal de Contas da União. A cada mês, a reunião é realizada em uma das instituições membros da rede.